A luta contra a obesidade

A luta contra a obesidade

https://go.hotmart.com/D5421203N?ap=2542

A luta contra a obesidade

Em tempos recentes a medicina fez descobertas que revelaram ainda mais o problema da obesidade ao se constatar que muitas doenças, como exemplo a diabetes estão relacionadas com o problema mórbido da obesidade. Isso gerou uma grande oferta milionária da indústria farmacêutica que foca em oferecer produtos para perda de peso.

O problema se caracteriza pelo excesso de gordura no corpo talvez devido a um alto índice de consumo de calorias durante a alimentação do dia. Geralmente o obeso consome muitas calorias acima da média que ele consegue gastar, e por isso passa a acumular gordura corporal.

As causas básicas deste problema estão relacionadas ao sedentarismo, visto terem quase nenhuma atividade física. Herança genética, alimentação irregular com consumo de alto nível de calorias muitas vezes através de alimentos não saudáveis como refrigerantes, fast foods, frituras e enlatados.

Pessoas obesas tendem a ter doenças como diabetes, dificuldades respiratórias, pressão alta, dores em articulações e outras.

Tratando a obesidade

Visto que o grande vilão da obesidade está principalmente relacionado com a má alimentação, é preciso uma reeducação alimentar para se conseguir vencer este mal. A maneira principal para o controle e combate da obesidade requer um estilo de vida agora mais saudável com a diminuição de ingestão de calorias. Também será bem vindo um programa de atividade física para colaborar na reversão do quadro de obesidade.

Mudança de hábitos

Altere sua rotina na sua luta contra a obesidade. Tente consumir um menor valor de calorias como 1.200 a 1.600 calorias se for possível. Não é necessário passar fome, ou cortar ingredientes importantes como os carboidratos, mas se fizer uma reeducação será possível aos poucos ver os resultados positivos através de uma alimentação saudável.

Talvez queira a opinião do seu médico para iniciar uma meta razoável, quem sabe perder inicialmente 10% ou 15% do peso. Isso já irá trazer grandes benefícios para o organismo.

Estabeleça uma rotina de atividade física para a queima de calorias. Comece por uma caminhada de 10 ou 20 minutos pelo quarteirão. Talvez se o tempo não a permita, troque o carro pela caminhada até ao mercado ou até mesmo ao trabalho se estiver mais próximo de casa. Caso seja possível ingresse numa academia para ter uma atividade regular. Você perceberá que em pouco tempo terá resultados positivos.

Elimine de seu cardápio os itens prejudiciais como:

Refrigerantes, sucos enlatados/ e em caixa, água gaseificada, excesso de pão, bolachas, salgadinhos, frituras, excesso de chocolate e diminuir o consumo de carboidratos.

Consuma mais proteínas nas refeições

Crie sua rota para o sucesso

Pratique exercícios físicos, com atividades diárias.

Controle o impulso e a vontade descontrolada de comer.

Reduza o possível o consumo de calorias, diminua os carboidratos.

Evite os enlatados e refrigerantes.

Consuma alimento saudáveis, e em pequenos passos busque sua reeducação alimentar por planejar suas refeições de forma exata.

Se precisar procure seu médio ou nutricionista.

Tenha força de vontade e tome ação para alcançar suas metas, pois só você poderá enfrentar essa batalha. Tenha determinação.

Mantenha o foco

De fato não será fácil fazer essas mudanças, pois vezes e outras será rondado pelo desejo de quebrar sua meta exagerando novamente na comida, pelo estresse do dia deixará de praticar a atividade física ou talvez pense que não conseguirá suas metas. Isso é normal na luta de cada um, mas o mais importante é não sair de seus planos.

Tente sempre estar preparado para lidar com essas situações adversas, por estabelecer metas com objetivos alcançáveis. Se você focar em resultados rápidos e milagrosos talvez caia em decepção. É preciso um passo por vez para alcançar seus planos. Se perceber que está a pecar em algum ponto, tente identificar o que está a provocar isso. Por exemplo, talvez não esteja conseguindo seguir sua reeducação alimentar, e por isso consome ainda muitos alimentos desfavoráveis. Nesse caso tente antecipar o problema e mantenha sua alimentação saudável. Com o tempo perceberá que pode vencer os obstáculos.

 

Crédito/vídeo: Dr. Drauzio Varella

https://go.hotmart.com/D5421203N?ap=2542

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!